TCE-MA EMITE PARCER PELA APROVAÇÃO DAS CONTAS DO PREFEITO DE PASSAGEM FRANCA, MARLON TORRES, ANO 2021


Na sessão do Pleno de quarta-feira (28), o Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA) aprovou as contas anuais dos seguintes gestores municipais:

Francisco Alves da Silva (Brejo de Areia, 2019), Eunélio Macedo Mendonça (Santo Antônio dos Lopes, com ressalvas, 2010), Iriane Gonçalo de Sousa Gaspar (Pastos Bons, 2018), Tadeu de Jesus Batista de Sousa (Magalhães de Almeida, 2020 com ressalvas), Wallas Goncalves Rocha (São Benedito do Rio Preto, 2020, com ressalvas), Joao Gonçalves de Lima Filho (Itaipava do Grajaú, 2018, com ressalvas), Américo de Sousa dos Santos (Coelho Neto, 2019), Jose Gomes Rodrigues (Buriticupu, 2019), Erivelton Teixeira Neves (Carolina, 2021 com ressalvas), Jose Mendes Ferreira (São Domingos do Maranhão, 2017), Antonio Batista de Oliveira (Boa Vista do Gurupi, 2018, com ressalvas), Francisco Vieira Alves (São João do Caru, 2019, com ressalvas), Gleydson Resende da Silva (Barão de Grajaú, 2018), Francisco Silva Freitas (Lagoa Grande do Maranhão, 2017, com ressalvas), Raimundo Ivaldo do Nascimento Silva (Mata Roma, 2017), Carlos Eduardo Fonseca Belfort (Miranda do Norte, 2017, com ressalvas), Jose Almeida de Sousa (Igarapé do Meio, 2018), Alberico de França Ferreira Filho (Barreirinhas, 2019), Emanuel Lima de Oliveira (Santo Antônio dos Lopes, 2019), Leonardo Jose Caldas Lima (Milagres do Maranhão, 2019), Jose Eudes Sampaio Nunes (São José de Ribamar, 2019),

Marlon Saba de Torres (Passagem Franca, 2021, com ressalvas)

Jailson Fausto Alves (Lima Campos, 2017), Iracy Mendonca Weba (Nova Olinda do Maranhão, 2017), Jadson Passinho Goncalves (Cedral, 2018), Francisco Nagib Buzar de Oliveira (Codó, 2018), Norberto Moreira Rocha (Santa Quitéria, 2018), Emanuel Lima de Oliveira (Santo Antonio dos Lopes, 2018, com ressalvas), Jose Almeida de Sousa (Igarapé do Meio, 2019, com ressalvas), Valmir Belo Amorim (Araguanã, 2019), Aluisio Carneiro Filho (Esperantinópolis, 2019), Erivelton Teixeira Neves (Carolina, 2020, com ressalvas), Lahesio Rodrigues do Bonfim (São Pedro dos Crentes, 2017) e Jose Ribamar Leite de Araújo (Cândido Mendes, 2019).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Arquivos do Reais